Moeda única com Argentina é inviável e seria ‘desastre’, dizem economistas